5 dicas para abrir o próprio negócio sem largar o emprego

É comum ouvir histórias de pessoas que “largaram tudo” para empreender. Que arriscaram todas as suas fichas em uma nova empreitada e se deram muito bem. No entanto, nem todos se sentem confortáveis em tomar atitudes tão arrojadas por ter medo de falhar. E isso é perfeitamente aceitável.

Um outro caminho possível é conciliar um emprego com a vida de empreendedor. Esta é uma missão muito cansativa, mas que minimiza os impactos de um eventual fracasso.

Uma reportagem, publicada originalmente na revista “Entrepreneur”, lista dicas para quem está disposto a ter uma “jornada dupla” de empregado e patrão. Saiba quais são elas:

1. Tenha um propósito para empreender
Ter um emprego durante o dia e ainda arranjar tempo para cuidar do próprio negócio é um grande desafio. Para não desistir, o empreendedor precisa de muita motivação.

E, para não perder a determinação, é importante ter um sonho, um propósito: pode ser independência financeira, flexibilidade de tempo ou vontade de ajudar as pessoas com seu negócio. Não empreenda só por empreender.

2. Valide sua ideia
Não adianta achar sua ideia genial se ninguém gostar dela. Por isso, valide seu negócio: faça pesquisas e procure especialistas em empreendedorismo que atestem que seu negócio tem futuro e que seus clientes pagariam pelo que está sendo oferecido. Assim, há menos riscos de a empreitada falhar logo no começo.

3. Busque conhecimento
Seu emprego atual muito provavelmente não exige tudo o que é necessário para o trabalho de um empreendedor. Quem tem o próprio negócio precisa ter noções de administração, finanças, gestão de pessoas e muitas outras áreas. Procure saber mais sobre essas áreas e será mais fácil conseguir o sucesso.

4. Valorize seu emprego
Ao empreender, é bem provável que seu objetivo seja largar o emprego assim que possível. Por isso, pode ser difícil continuar motivado durante suas horas como empregado. Mas é necessário continuar trabalhando firme.

Durante algum tempo, é o emprego que vai garantir a subsistência da sua casa. E uma demissão pode levar todos os seus sonhos por água abaixo.

5. Trace metas diárias
Como não haverá pouco tempo para cuidar do próprio negócio, o progresso poderá ser menor do que se o empreendedor se dedicasse totalmente à sua nova empreitada. No entanto, todo dia deve ter uma conquista nova, mesmo que pequena: organize papéis, fale com contatos importantes e faça brainstormings, entre outras coisas.

Fonte:http://revistapegn.globo.com/

Share This: