6 ERROS DE DECORAÇÃO COM PISCA-PISCA

Natal sem pisca-pisca não tem a menor graça, não é mesmo? Há muitas formas de enfeitar a árvore e a casa com as luzinhas. Para decorar sem errar, conversamos com duas especialistas em decoração. Elas nos ajudaram a reunir os 6 principais erros que você comete ao decorar a casa com pisca-pisca. Confira a seguir

1. Instalar as luzinhas por último, depois dos enfeites
A melhor maneira é instalar primeiro o pisca-pisca ligado para evitar que os fios apareçam por cima dos enfeites. Dessa forma, você também pode checar se há alguma luzinha queimada que vai deixar um pedaço da árvore apagado. Se isso acontecer, dê uma pequena volta com o pisca-pisca para iluminar a árvore por igual.
2. Luzinhas piscando sem parar
Quando todas as luzes acendem e apagam ao mesmo tempo, sua visão vai se cansarrapidamente. Isso acontece porque a retina dilata e recua continuamente. O melhor é deixar as luzinhas sempre acesas ou em uma programação sequencial, aquela em que conjuntos de luzes acendem-se uns após os outros. Assim, a luminosidade do ambiente permanece constante.
3. Combinar pisca-pisca colorido com objetos coloridos
É sempre melhor investir em luzinhas brancas, que formam a base perfeita para os outros enfeites de Natal que são, em geral, muito coloridos. Difícil combinar as luzes rosa, azul, verde, amarelo com vermelho, dourado, branco e verde, não é mesmo? Por isso, vá de branco. Elegante e sem exagero.
4. Deixar a luz da sala acesa
Para privilegiar a iluminação com o pisca-pisca, é melhor deixar a luz da sala, ou do ambiente onde estiver a árvore, apagado. Dessa forma, o pisca-pisca mostra todo o seu potencial. Se não for possível, você pode caprichar ainda mais na quantidade de luzinhas para garantir o efeito desejado mesmo durante o dia ou com a luz do ambiente acesa.
5. Comprar qualquer tipo de pisca-pisca
Antes de comprar qualquer pisca-pisca, certifique-se de que aquele produto é indicado para áreas internas ou externas. Em geral, as luzinhas para áreas externas são mais resistentes e revestidas com uma mangueira de plástico. Na hora da compra, certifique-se de que o produto tem o selo no Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia).
6. Encher a casa de pisca-pisca
A árvore é a estrela do Natal. Ela deve ter o maior número de luzinhas para brilhar. Nada impede, claro, que você espalhe outros pontos com pisca-pisca pela casa. O importante, nesse caso, é investir apenas em detalhes luminosos, sempre no mesmo tom do pisca-pisca da árvore e todos devem se manter acesos. É dessa forma que o ambiente fica enfeitado com harmonia.

Share This: