ACE-Guarulhos pede renúncia de Dilma Rousseff

As entidades que defendem a classe empresarial de São Paulo se posicionam contra o escárnio perante a sociedade civil e os desmandos do atual governo federal. A Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos, ao lado da coirmã Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), se manifestam a favor da renúncia da presidente Dilma Rousseff (PT).

A decisão da federação, que reúne mais de 420 associações comerciais no Estado, foi tomada após consultas aos vice-presidentes e outros dirigentes regionais. “A Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos é a favor da renúncia imediata da presidente Dilma Rousseff. Não há mais como sustentar esse governo, que coleciona incompetência, desmandos e, agora foi provado com o telefonema ao ex-presidente Lula, obstrução da Justiça. É preciso dar liberdade para as instituições trabalharem. A crise política está diretamente ligada à crise econômica. E o problema na política só se resolve com a saída imediata da presidente”, afirmou o presidente da ACE-Guarulhos, William Paneque.

Confira a posição oficial do presidente da Facesp, Alencar Burti:

“O Brasil vive um período sem precedentes de crises: ética, política, de governabilidade, econômica e, sobretudo, social. A paralisia decisória que envolve governo e Congresso produz incerteza que trava as decisões empresariais e a vida das empresas, levando a um processo de deterioração que se aprofunda rapidamente e que já atinge de forma perversa a classe trabalhadora e as famílias.
A hora agora é de buscar soluções que possam ser implementadas com a rapidez necessária para impedir que não apenas a economia e o quadro social continuem a se deteriorar, como para evitar que as instituições sejam comprometidas e dificultem a busca de caminhos que preservem a normalidade democrática e levem à punição exemplar de todos os envolvidos nos casos de corrupção.
Somente um gesto de grandeza por parte da presidente Dilma poderá propiciar a busca de um entendimento que permita começar a mudar o quadro dramático que o País atravessa: a renúncia.
Esse ato não significa se considerar culpada pela crise e pela falta de governabilidade, mas ser responsável pela busca de uma solução.
Presidente Dilma, seu passado de lutas, suas convicções e seu amor pelo Brasil serão engrandecidos por essa atitude de desprendimento e de consideração pelo povo brasileiro. Para o bem de todos, renuncie já, evitando um processo de impeachment que irá prolongar as dificuldades do País.”

Fonte:http://www.clickguarulhos.com.br/

Share This: