Agende comemora 17 anos de atuação em Guarulhos

A Agência de Desenvolvimento e Inovação de Guarulhos (Agende) comemorou nesta quinta-feira, dia 19, seu 17º aniversário em seu auditório localizado na Rua Paschoal Conte, 225, Vila Sirena, Guarulhos. O evento contou com o Workshop sobre as Ações para manter as indústrias de Guarulhos fortes. Participaram importantes lideranças do poder público, do setor privado, da academia e de entidades.

Aarão Ruben de Oliveira, ´presidente da Agende, agradeceu a toda equipe técnica na pessoa de Devanildo Damião, coordenador especial técnico científico, pelo apoio que recebe na execução das atividades da entidade.
“Desenvolvemos um trabalho sério, um trabalho que exige muita dedicação, mas que também é muito gratificante”, relatou Aarão e completou dizendo “A minha grande missão ao assumir a Agende era conquistar a área do Parque Tecnológico e em meu segundo ano de gestão isso foi feito, então minha missão foi cumprida”.
Ele também destacou que é importante a união dos vetores da sociedade para que o Parque Tecnológico seja construído para contribuir com o desenvolvimento econômico da cidade. E conclamou as entidades, empresários e poder público para não abandonar o embrião do Parque, a Incubadora Tecnológica de Guarulhos, pois ela está sem o apoio financeiro do Sebrae/SP e da Prefeitura de Guarulhos para pagar os custos operacionais e mantê-la em atividade e a Agende não tem condições para arcar com todos os custos sozinha. “A Incubadora não é da Agende, ela é da cidade. Por isso, precisamos do apoio de todos para mantê-la em funcionamento”, solicitou Aarão Ruben.
O Vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Josinaldo Barros (Cabeça), iniciou o Workshop sobre as Ações para manter a indústria de Guarulhos com o tema: O olhar dos trabalhadores sobre a crise. Em seu pronunciamento alertou para as empresas que saíram da Cidade, pois os níveis de emprego industrial têm retornado a patamares de 2009 e que nos últimos 16 meses Guarulhos perdeu quase 30 mil empregos. Como solução para isso, Josinaldo propõe uma intensificação maior do diálogo com as empresas para apoiá-las e retê-las no município.
O diretor do CIESP Guarulhos, Mauricio Colin, concordou com Josinaldo Barros de que precisa haver mais diálogo com as empresas e acrescentou outros motivos que fazem a Cidade perder sua indústria como a má conservação viária, falta de segurança, falta de informação pública e da onerosidade da Prefeitura em expedir documentos importantes para as empresas. “Guarulhos tem rodovias, mas falta acesso, falta saída, falta planejamento interno. Tem ruas que ninguém sabe onde vai dar. O governo precisa zelar pela Cidade, a Cidade precisa estar limpa, estar mais segura. O novo governo tem esse desafio, ser inovador, ser empreendedor para gerar riqueza”, protestou Colin.
Sérgio Costa, da Investe São Paulo, ao abordar o tema: Ações que o poder público pode executar para reverter a situação atual de crise; destacou que a Investe São Paulo foi criada justamente com esse propósito, o de proteger o Estado da fuga de empresas e atrair novas. Foi contundente ao destacar que os incentivos fiscais que muitos Estados oferecem às empresas pode se tornar uma grande dificuldade para elas e comparou os incentivos fiscais à cereja do bolo, ou seja, mas é necessário haver no Estado infraestrutura, logística, conhecimento, mão de obra qualificada para fazer com que as empresas tenham êxito. Para ele, as empresas que saem do Estado de São Paulo podem estar cometendo o erro de colocarem, em vez de cereja, uma jaca sobre um bolo muito pequeno.
“Hoje, o projeto atendido pelo Investe São Paulo é blindar o investimento para que andem mais rápido em torno da burocracia. Eu não vou deixar que o investimento fique sem resposta”, disse Sérgio Costa. Ele lembrou um fato que ocorreu com a empresa Atento, que já tinha quatro unidades instaladas no Rio de Janeiro e que foi conversar os executivos para que instalassem no Estado de São Paulo também, e que em parceria com a Agende e a Prefeitura de Guarulhos a Atento abriu uma filial na cidade gerando em torno de três mil empregos. “O apoio da Agende foi fundamental para este processo”, destacou.
O secretário de Desenvolvimento Econômico, Luís Carlos Teodoro, reconhece que a Prefeitura de Guarulhos tem inúmeros desafios e muitas coisas podem ser melhoradas, mas destacou que muitas das empresas que saíram de Guarulhos ou fecharam estavam e crise financeira e não conseguiam mais manter suas operações. “A Bardella estava para fechar e transferir suas operações para Sorocaba e em razão dos incentivos fiscais que nós proporcionamos, ela está trazendo suas novas instalações para Guarulhos”, destacou Teodoro.
Mauro Miranda, gerente de Negócios e Operações da Desenvolve SP, falou das opções de financiamentos que a entidade oferece às empresas. Muitas delas buscam a Entidade para financiar projetos inovadores, mas que também financia treinamento de pessoas, custeio de máquinas entre outras atividades a taxas de juros muito baixas. Por fim, colocou o serviço da Desenvolve SP à disposição dos empresários de Guarulhos. Na oportunidade, Aarão Ruben de Oliveira, disse que o programa Inovacred da Desenvolve SP pode favorecer em muitos os projetos das empresas que estão na Incubadora.
Por fim,  Devanildo Damião abordou o tema: Como a inovação Tecnológica pode beneficiar a indústria. Destacou que é necessário a Cidade e os pré-candidatos estarem atentos a novas demandas como a indústria 4.0, espaços físicos e cibernéticos, internet das coisas, que envolvem a sociedade do conhecimento. Precisamos unir os esforços do conhecimento acadêmico, da dinâmica empresarial e das políticas do poder público em prol da inovação”, alertou .
Abrindo a rodada de debates, o ex- presidente da Agende, Celso Masson, enfatizou que a solução para os problemas da Cidade está na AGENDE, pois a união dos esforços e os diálogos propositivos podem fazer com que Guarulhos reverta o quadro de crise e seja cada vez mais próspera.
Antonio Veronezi, fundador da Universidade de Guarulhos, propôs um fórum para que haja cada vez mais diálogos propositivos em prol do desenvolvimento sustentável da Cidade, com base na estruturação de projetos.
O presidente da Agende encerrou o evento enaltecendo a união de forças das entidades em prol de projetos de interesse para a cidade.
Fonte:http://www.guarulhosweb.com.br/

Share This: