Apenas 5 vereadores votam para aprovar CEI dos Pombos

Os vereadores da Oposição ao prefeito Sebastião Almeida (PT) tentam obter 11 assinaturas necessárias para a abertura de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para investigar o contrato firmado pela Secretaria Municipal de Educação, que tem Moacir de Souza como secretário, com o Consórcio Robotx. Conforme o GuarulhosWeb Impresso publicou com exclusividade há duas semanas, a Prefeitura irá gastar R$ 9,5 milhões para espantar pombos de escolas municipais.

Na sessão desta quinta-feira, o vereador Guti (PV) apresentou o requerimento, que já conta com as assinaturas dos três parlamentares do PSDB – Geraldo Celestino, Gilvan Passos e Romildo Santos -, além como Laércio Sandes (PMN). “Precisamos ver o que existe de errado neste contrato. Com tanta falta de dinheiro, como gastar tanto com uma empresa que espanta pombos? Temos informação que o mesmo serviço foi prestado em outras cidades por preços bem menores”, disse Guti.

A vereadora Marisa de Sá (PT) afirmou que considera um absurdo o contrato. Defendeu que precisa ser investigado o que há de errado, já que o valor que será gasto daria para contratar funcionários com salários de R$ 2 mil para limpar as escolas durante quatro anos.

Para que um requerimento de abertura de CEI seja apresentado para aprovação em plenário, é necessário que os autores consigam recolher pelo menos 11 assinaturas. Nas duas gestões do prefeito Sebastião Almeida (PT), até hoje, nenhuma CEI foi aberta, já que o Executivo tem ampla maioria entre os vereadores da Câmara Municipal, que fica sujeita às determinações do Poder Executivo.

fonte: guarulhosweb.com.br

Share This: