Após vencer no Japão, Hamilton se diz emocionado por igualar Ayrton Senna

Não foi com o mesmo número de GPs, mas Lewis Hamilton igualou as 41 vitórias de Ayrton Senna com o triunfo no GP do Japão. O inglês tinha a chance, no último GP, de ter chegado à marca com as mesmas 161 provas do brasileiro, mas teve de esperar uma corrida para atingir o feito.

“Estou tão feliz. Não sou um cara de chorar, mas estou cheio de alegria hoje”, afirmou o piloto. “Chegar aqui em um circuito no qual eu adorava ver o Ayrton pilotar e igualar suas vitórias… não sei o que dizer. Não parece real no momento.”

Hamilton lembrou ainda da recuperação da Mercedes em relação à semana passada, quando o time não teve o desempenho esperado e o inglês acabou abandonando pela primeira vez na temporada.

“As Ferrari estavam incrivelmente rápidas na última corrida e a equipe fez um grande trabalho para que chegássemos aqui em uma posição muito melhor e pudéssemos fazer essa dobradinha. O carro estava lindo de pilotar.”

Com a vitória tranquila, Hamilton chegou a 277 pontos, contra 229 de Rosberg. Assim, com 125 pontos em jogo, a diferença entre os dois é de 48 pontos. Sebastian Vettel é o terceiro, com 218. Sem pontuar, Felipe Massa viu Kimi Raikkonen abrir 22 pontos na quarta posição do campeonato. Valtteri Bottas também aumentou para 14 pontos a distância para o brasileiro, que é sexto na tabela. A Fórmula 1 volta em duas semanas, no GP da Rússia.

Confira o resultado do GP da Japão

  1. Lewis Hamilton ING Mercedes-Mercedes 53 voltas 1hr 28m 06.208s
  2. Nico Rosberg ALE Mercedes-Mercedes +18.9s
  3. Sebastian Vettel ALE Ferrari-Ferrari +20.8s
  4. Kimi Raikkonen FIN Ferrari-Ferrari +33.7s
  5. Valtteri Bottas FIN Williams-Mercedes +36.7s
  6. Nico Hulkenberg ALE Force India-Mercedes +55.5s
  7. Romain Grosjean FRA Lotus-Mercedes +1m 12.2s
  8. Pastor Maldonado VEN Lotus-Mercedes +1m 13.5s
  9. Max Verstappen HOL Toro Rosso-Renault +1m 35.3s
  10. Carlos Sainz Jr ESP Toro Rosso-Renault +1 volta
  11. Fernando Alonso ESP McLaren-Honda +1 volta
  12. Sergio Perez MEX Force India-Mercedes +1 volta
  13. Daniil Kvyat RUS Red Bull-Renault +1 volta
  14. Marcus Ericsson SUE Sauber-Ferrari +1 volta
  15. Daniel Ricciardo AUS Red Bull-Renault +1 volta
  16. Jenson Button ING McLaren-Honda +1 volta
  17. Felipe Massa BRA Williams-Mercedes +2 voltas
  18. Alexander Rossi EUA Manor-Ferrari +2 voltas
  19. Will Stevens ING Manor-Ferrari +3 voltas

Abandonou:

Felipe Nasr BRA Sauber-Ferrari 50 voltas completadas

 

http://esporte.uol.com.br/f1

Share This: