Brasileiro no programa de pilotos da RBR

O Voando Baixo traz, em primeira mão nesta sexta-feira, uma boa notícia para o automobilismo brasileiro. O mineiro Sérgio Sette Câmara, de 17 anos, será um dos quatro integrantes do Red Bull Junior Team, programa de desenvolvimento de pilotos das equipes de Fórmula 1 RBR e STR. A academia de jovens pilotos já revelou o alemão tetracampeão Sebastian Vettel, o australiano Daniel Ricciardo, o russo Daniil Kvyat, o espanhol Carlos Sainz Jr., o holandês Max Verstappen, entre outros que chegaram à F-1.

Em seu primeiro ano na Fórmula 3 Europeia, pela equipe alemã Motopark, o brasileiro deixou uma ótima impressão. Foi pole e subiu ao pódio no tradicional Masters de Zandvoort, na Holanda, e quebrou o recorde da volta mais rápida do GP de Macau, disputado no apertado Circuito da Guia. Ele está confirmado no time alemão em sua segunda temporada no certame europeu.

-Minha primeira temporada em carros monopostos não começou como eu gostaria, mas o pódio na etapa de Spa-Francorchamps (em junho, na Bélgica) veio na hora certa. A partir dali, as coisas melhoraram bastante, principalmente, na segunda metade do ano, com outro pódio em Spielberg (Áustria) e o terceiro lugar no Masters de Fórmula 3 em Zandvort me deu muita confiança – disse Sérgio.

Além de Sette Câmara, o australiano Luis Leeds e o finlandês Niko Kari também estreiam no programa, que terá o francês Pierre Gasly (GP2) como veterano em 2016. O brasileiro e Kari serão companheiros de equipe na Motopark. O brasileiro será o primeiro piloto do país a integrar o programa da RBR desde Pedro Bianchini, que fez parte do programa entre 2001 e 2009.

– Estou muito confiante para a próxima temporada. Tenho certeza que, junto com a equipe e trabalhando na mesma direção que já estamos, alcançaremos nossos objetivos – completou.

Em 2015, o Junior Team teve o melhor resultado em uma corrida de Fórmula 1. No GP da Hungria, Sebastian Vettel liderou um feito inédito para o programa de desenvolvimento de pilotos da equipe austríaca, o Junior Team. Os quatro primeiros no Hungaroring saíram do projeto: além de Vettel, o russo Daniil Kvyat (RBR) foi o segundo; o australiano Daniel Ricciardo (RBR), o terceiro; e o holandês Max Verstappen (STR), o quarto. Uma quadrifeta inédita na Fórmula 1

Fonte:http://globoesporte.globo.com/

Share This: