Cerca de 200 famílias invadem área no Jardim Santa Paula

Uma nova invasão de terra começou a se forma ontem. Cerca de 200 famílias iniciaram a ocupação em um terreno no Jardim Santa Paula. A estimativa dos próprios invasores é de que aproximadamente 600 pessoas estejam envolvidas na ação.
No local, as famílias já demarcaram seus espaços e atearam fogo na área verde para iniciar os trabalhos de roçagem e construção dos barracos. Além disso, os invasores abriram uma rua, que classificaram como Rua 11, para ter acesso ao terreno que antes era cercado.
De acordo com os ocupantes, as pessoas que participam da invasão são moradores do próprio bairro e da região, como Anita Garibaldi, Ponte Alta e Lavras. “São famílias que não têm para onde ir. Eles não têm mais condições de pagar aluguel. Se a prefeitura não ajuda, o jeito é invadir mesmo”, comenta um dos homens que prefere não se identificar.
“Estou desempregado há oito meses e não tenho mais condições de pagar aluguel e sustentar minha família. Tudo está difícil e todos aqui na mesma situação. Não temos ninguém do nosso lado então nos unimos para conseguir ao menos um lugar pra dormir em paz”, disse outro invasor.
Até o fechamento desta edição a prefeitura não soube informar se o imóvel invadido pertence ao município ou se é uma propriedade particular.
Onda de invasões – No ano passado Guarulhos sofreu uma onda de ocupações em terrenos públicos e particulares. As cinco maiores aconteceram na Estrada do Lavras, no Santo Expedito (200 famílias), Estrada do Recreio, no Cabuçu, (600 famílias do Movimento Sem Moradia (MSM), Vila Imaculada, região da Vila Rio (420), Área de Preservação Permanente (APP) no Jardim Presidente Dutra (142) e a maior delas, na Estrada do Elenco, no Jardim Primavera (3.000), onde a reintegração de posse aconteceu em fevereiro deste ano.

Letícia Santana

Fonte:  http://www.guarulhoshoje.com.br/

Share This: