Cerrone vence duelo de Cowboys com finalização sobre Alex Oliveira

Donald Cerrone provou na noite do último domingo por que é um dos lutadores com maior número de vitórias dentro do octógono. Estrategista, ele passou por Alex Oliveira e venceu o duelo de Cowboys na luta principal do UFC Pittsburgh, conquistando seu primeiro triunfo na divisão dos meio-médios.

Especialista na luta em pé, o americano aceitou a trocação nos primeiros minutos de combate, mas teve dificuldades para lidar com a maior envergadura do brasileiro, que começou melhor, acertando mais golpes. Cerrone foi obrigado então a usar seu agressivo jiu-jitsu, colocou Alex para baixo e rapidamente conseguiu passar a guarda, montar, e imediatamente encaixou um triângulo que fez o brasileiro desistir em segundos.

Leia também: Lutas femininas são o destaque do card principal do UFC Pittsburgh

A vitória foi a nona de Cerrone nos últimos 10 combates, e já coloca o americano no radar da divisão dos meio-médios. O brasileiro, por sua vez, também sai prestigiado do combate, por ter aceito o duelo com pouca antecedência e pelo enorme respeito e desportividade demonstrados na pesagem e dentro do octógono com o adversário.

O restante do card principal não foi mais gentil com os brasileiros, uma vez que Roan Jucão e Augusto Tanquinho também acabaram nocauteados no primeiro assalto de seus combates com Derek Brunson e Cody Garbrandt, respectivamente. Outro grande destaque foi Chris Camozzi, que nocauteou o veterano Joe Riggs em apenas 26 segundos com uma chuva de joelhadas.

Donald Cerrone venceu Alex Cowboy por finalização (triângulo) aos 2m33s do 1º round;

Derek Brunson venceu Roan Jucão por nocaute técnico aos 2m38s do 1º round;

Cody Garbrandt venceu Augusto Tanquinho por nocaute técnico aos 4m18s do 1º round;

Dennis Bermudez venceu Tatsuya Kawajiri por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Chris Camozzi venceu Joe Riggs por nocaute técnico aos 0m26s do 1º round;

James Krause venceu Shane Campbell por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Sean Strickland venceu Alex Garcia aos 4m25 do 3º round;

Oluwale Bamgbose venceu Daniel Sarafian por nocaute a 1m00s do 1º round;

Anthony Smith venceu Leonardo Leleco por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Nathan Coy venceu Jonavin Webb por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Ashlee Evans-Smith venceu Marion Reneau por decisão dividida (30-27, 28-29, 29-27);

Lauren Murphy venceu Kelly Faszholz por nocaute técnico aos 4m55s do 3º round;

Shamil Abdurakhimov venceu Anthony Hamilton por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28).

Fonte:http://www.ufc.com.br/

Share This: