Coluna Espalha Fatos de Sérgio Lessa

Pantaleão

O prefeito Sebastião Almeida (PT) apareceu no horário político de seu partido para dizer que nos últimos 15 anos Guarulhos desenvolveu para todos. Ele cita a implantação do Bilhete Único e dos terminais de ônibus, além dos 10 CEU’s, com mais quatro em construção. Disse também que com a ajuda do governo Dilma teremos grandes obras este ano: o novo Trevo de Bonsucesso, a Ponte da Vila Any, mais duas UPA’s, 5 mil moradias e o piscinão da Vila Galvão. Finaliza dizendo que é assim que o PT governa. É mentira, Terta?

Cartas na mesa

Analisando os “grandes feitos” de Almeida divulgados na propaganda partidária, se vangloriar na área dos transportes é no mínimo absurdo. Guarulhos tem uma das tarifas de ônibus mais caras do planeta, uma vez que as distâncias percorridas são mínimas. Já a construção dos terminais serviu somente para extinguir a categoria dos antigos perueiros, dividindo e endividando os atuais micreiros com o atraso sistemático de seus pagamentos. Sem falar na enorme sujeira e falta de manutenção nesses locais.

Céu ou inferno?

Sobre a construção dos CEU’s, Almeida se esqueceu de dizer que quase todos estão com as obras paralisadas e aqueles que estão prontos são os principais locais de procriação dos mosquitos transmissores da dengue e do zika vírus devido ao abandono. Em relação a ajuda do Governo Dilma, o prefeito também não disse que tudo seria perfeito se Guarulhos tivesse em mãos sua certidão negativa de débitos, ou seja, com o nome sujo na praça a cidade não tem acesso a verba nenhuma.

Obras sem fim

Já em relação ao Trevo de Bonsucesso, todo mundo se lembra que seu antecessor, Elói Pietá, gastou uma fortuna ali para fazer uma obra que literalmente não deu certo. Tanto que estão refazendo todo o serviço. Quanto a Ponte da Vila Any, Almeida “sem querer” omitiu a informação de que o Governo do Estado e a Prefeitura de São Paulo entraram no rateio do pagamento, ou seja, não é uma obra exclusiva da Prefeitura guarulhense. Sobre as UPA’s vale dizer que durante a campanha, o prefeito prometeu nesses locais hospitais e não Unidades de Pronto Atendimento. Além disso, sem médicos e insumos não servem para nada.

Blá-blá-blá

Por fim, Almeida fala em 5 mil moradias e no piscinão de Vila Galvão. Ora, construir prédios e não providenciar a documentação necessária para a entrega dos apartamentos aos moradores, como acontece no Taboão, por exemplo, não é mérito para ninguém e sim uma grande incompetência. Enfatizar também uma obra contra enchentes, que não termina nunca, tem gerado muita revolta na população. Muitos acreditam que a única verdade dita pelo prefeito na propaganda de sua sigla é que “este é o jeito do PT governar”. Concorda?

Fonte:http://www.clickguarulhos.com.br/

Share This: