CONGRESSO JUBAG

A JUBAG – Juventude Batista de Guarulhos e Cidades Vizinhas – realizou nos dias 27 a 30 de janeiro a 30ª edição de seu congresso, o CONJUBAG. A programação aconteceu no Teatro Adamastor, no Centro da cidade e contou com a participação de aproximadamente mil pessoas e mobilizou mais de 40 igrejas da região, através da colaboração dos envolvidos e teve como tema “Os Desafios da Juventude para os Próximos 30 Anos”
Na quarta-feira, participaram do congresso a banda Projeto Propulsão e a palavra foi ministrada pelo Pastor Regis Claro, da PIB em Pq. Jurema.
O segundo dia foi marcado por um formato inédito: um debate estilo Talk Show, em que o passado e o futuro, tradição e inovação foram discutidos à luz da bíblia com a ajuda de quatro convidados: Pr. Geremias Clarindo Gomes – PIB Jd. Jovaia; Pr. Luiz Carlos – IB Ponte Grande; Pr. Regis Claro – PIB Pq. Jurema; e Pr. Robson Rene – IB Arthur Alvim. O debate dividiu-se em 3 blocos de perguntas e respostas e durante os intervalos a banda Sêmani nos inspirou ao louvor e adoração musical.
Já que se tratava também de uma comemoração dos tempos que se passaram, na sexta-feira o culto seguiu um estilo de “Velhos Tempos”, com cânticos tradicionais, imagens alusivas e participação do Quarteto Vida Nova, com excelentes hinos. Nesse dias a palavra ficou por conta do Pr. Guilherme Ávilla Gimenez, da IB Betel em Santana.
No último dia o teatro quase não comportou o número de participantes, chegando à sua lotação máxima, com mais de 750 pessoas. A equipe de louvor da JUBAG, que nos alegrou também nos demais dias, mais uma vez nos elevou a Deus através das músicas, assim como a banda Além do Universo, o Coral da JUBAG, formado por cerca de 40 vozes e encerramento com Luciano Claw e banda. O Pr. Marcelo Santos trouxe a última mensagem do congresso, finalizando com chave de ouro.
Mas mesmo em meio a tantas participações especiais e ótimos preletores, um dos maiores destaques foi a equipe envolvida na organização: mais 50 jovens e adolescentes se empenharam não só no decorrer do congresso, mas em toda sua organização e mostraram muito muita responsabilidade e empenho na obra, tanto que foi reconhecida não só pelos irmãos que participaram, como também pela equipe do teatro como grupo mais organizado que passou por aquele centro cultural.
“Nossa alegria é ver que muitos jovens decidiram sair da zona de conforto e se uniram e empenharam, não apenas para a realização de uma programação, mas para a concretização de uma oportunidade de levar e consolidar a palavra de Deus nos corações dos que por ali passaram. É como se tivéssemos vários Timóteos, sendo exemplos para a geração passada, para a presente e ajudando a construir a geração futura” Comenta Gabriel Duarte, presidente da JUBAG.
 

Share This: