Corinthians domina Figueirense, vence fácil e vê liderança aumentar

O Corinthians voltou a vencer no Orlando Scarpelli depois de três anos. Mesmo atuando fora de casa neste domingo, o líder do Campeonato Brasileiro dominou o Figueirense durante a maior parte do tempo e conquistou uma vitória tranquila pelo placar de 3 a 1, comandada pela dupla Jadson e Renato Augusto.

Jadson foi o responsável pelos passes que acabaram nos gols de Elias e Gil, e sua coleção de assistências na competição só não ficou ainda maior porque algumas das chances que criou no segundo tempo foram desperdiçadas pelos atacantes. Já Renato Augusto marcou o terceiro gol, poucos minutos depois de acertar a trave com um chute de fora da área.

Com o resultado, o time chega a 60 pontos e abre sete de distância para o Atlético-MG. Isso porque o perseguidor mais próximo do clube paulista na tabela de classificação não passou de um empate com o Joinville e soma agora 53 pontos. Já o Figueirense, agora há sete rodadas sem saber o que é vencer, permanece com 28 pontos e aparece em 18º lugar, dentro da zona de rebaixamento.

Ambos os times voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro no domingo e atuarão fora de casa. O Corinthians irá a Campinas medir forças com a Ponte Preta. O Figueirense, por sua vez, terá o Goiás pela frente no Serra Dourada, em Goiânia. Antes disso, porém, vai pegar o Santos na Vila Belmiro, na quarta-feira, pela partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA
FIGUEIRENSE 1 X 3 CORINTHIANS

Data: 27 de setembro de 2015
Horário: 16h (de Brasília)
Local: Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (PE)
Auxiliares: Rodrigo F. Henrique Correa (RJ) e Clovis Amaral da Silva (PE)
Gols: Elias (Corinthians), aos 14 do 1º tempo; Gil (Corinthians), aos 22 do 2º tempo; Renato Augusto (Corinthians), aos 37 do 2º tempo; Leandro Silva (Figueirense), aos 45 do 2º tempo.
Cartões amarelos: Rafael Bastos, Saimon, Leandro Silva (Figueirense); Vagner Love, Felipe, Lucca (Corinthians)

Figueirense: Alex Muralha; Leandro Silva, Saimon, Thiago Heleno e Marquinhos Pedroso; Fabinho, João Vitor (Sueliton), Yago, Rafael Bastos (Thiago Santana); Clayton e Marcão (Marcelinho)
Técnico: Hudson Coutinho

Corinthians: Cássio; Fágner (Edílson), Felipe, Gil e Yago; Ralf, Elias, Renato Augusto e Jadson (Danilo); Malcom e Vagner Love (Lucca)
Técnico: Tite

 

http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro

Share This: