Doação de R$ 5 mi a Temer pode ter ligação com concessão do Aeroporto de Guarulhos

De acordo com reportagem desta segunda-feira, 6, do jornal Folha de S.Pauloum documento enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, aponta ligação entre a obtenção da concessão do Aeroporto de Guarulhos com uma doação recebida pelo presidente interino, Michel Temer (PMDB), de R$ 5 milhões da empreiteira OAS.

Segundo a reportagem, a informação sobre a ligação entre Temer e a OAS consta do pedido de abertura de inquérito contra o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), o presidente afastada da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RN) e o ex-presidente da OAS Léo Pinheiro. Os três são suspeitos de participação no esquema de desvio de dinheiro da Petrobras. O inquérito está sob sigilo, mas o jornal informou ter tido acesso ao despacho de Janot ao Supremo.

Apesar de ligar Temer a uma suposta facilitação da concessão para a OAS, Janot não pediu para investigar o presidente.

Mensagens encontradas no celular de Léo Pinheiro apontaram a referência a Temer:“Léo Pinheiro afirmou que explicaria, pessoalmente, para Eduardo Cunha [sobre a doação], mas que o pagamento dos R$ 5 milhões para Michel Temer estava ligado a Guarulhos”, escreveu Janot, segundo transcrição do jornal. A OAS é dona de 24,4% da Invepar, que administra o

Fonte:http://www.clickguarulhos.com.br/

Share This: