Dois anos após acidente gravíssimo, Schumi ganha exibição na Alemanha

Há pouco mais de dois anos, Michael Schumachersofreu um acidente de esqui nos Alpes Franceses e, desde então, o estado de saúde do ex-piloto é mantido em total sigilo. Mas se depender dos fãs e dos patrocinadores, o heptacampeão de Fórmula 1 dificilmente será esquecido. Isso porque uma exposição em homenagem ao alemão foi inaugurada nesta segunda-feira, na cidade de Marburg, na Alemanha. Com duração de dois anos e organizada por um patrocinador de longa data, a mostra reúne carros com que Schumacher correu, além de itens nunca mostrados ao público. Na abertura do evento estavam presentes a esposa Corinna Schumacher e os dois filhos, Mick e Gina Marie.

Michael Schumacher sofreu um gravíssimo acidente de esqui nos alpes franceses em 29 de dezembro de 2013. Por ter batido a cabeça nas pedras, ele entrou em coma e precisou passar por diversas cirurgias. O alemão ficou seis meses em coma e despertou em junho, quando foi transferido de Grenoble para um hospital em Vaud, na Suíça. Em setembro de 2014, a família levou Schumi para casa, onde ele recebe acompanhamento 24 horas por dia. De lá para cá, foram poucas as notícias oficiais. Especula-se que a recuperação do heptacampeão da F1 siga lenta e ele esteja reagindo ainda muito pouco aos estímulos externos. Fontes não oficiais afirmam que o ex-piloto teria perdido muita massa muscular e estaria pesando cerca de 45kg no momento.

Fonte:http://globoesporte.globo.com/



							
												

Share This: