Em São Paulo, refugiada síria lança start-up de gastronomia

A ideia é que outros refugiados abram o próprio negócio:

Em São Paulo, uma refugiada da síria, Joanna Ibrahim, decidiu empreender pra ajudar outros imigrantes a divulgar pratos típicos dos países de origem. Ela é fundadora da start-up Bab Sharki e do projeto Open Taste, que chama empreendedores refugiados a divulgar sua cultura e seus negócios por meio da gastronomia. A ideia é que eles abram o próprio negócio na área de gastronomia.

FONTE:http://tvbrasil.ebc.com.br

iStock_congreso-gastronomia-nosotros-2

Share This: