Estado entrega 91 viaturas para Polícia Científica; duas para Guarulhos

O governador Geraldo Alckmin entregou neste sábado, 4, 91 novas viaturas para a Polícia Técnico-Científica. As novas viaturas, distribuídas para todo o Estado de São Paulo, são resultado de um investimento de R$ 8,1 milhões. O município de Guarulhos receberá dois novos veículos do modelo Duster, fabricados pela Renault e adquiridos a R$ 89 mil cada um.

“Duas boas notícias para a Polícia Técnico-Científica de São Paulo: hoje entregamos 91 viaturas zero quilômetro para todo o Estado, capital, interior e Região Metropolitana. A segunda boa notícia: 252 novos policiais, de médico legista a perito, fotógrafo, auxiliar de necropsia, um trabalho importantíssimo que é feito hoje pela melhor Polícia Técnico-Científica brasileira. Os 252 policiais já estão na Acadepol (Academia de Polícia) e dentro de 60 dias, provavelmente, já estarão em seus postos trabalhando e reforçando a segurança pública de São Paulo”, disse Alckmin.

Em março, a Secretaria da Segurança Pública havia anunciado a aquisição de mais 32 viaturas para unidades do Instituto Médico Legal do Estado. O investimento dessa compra foi de R$ 3 milhões.

Ao todo, o governo de São Paulo adquiriu este ano 2.207 viaturas para as polícias estaduais, sendo 1.386 para a Militar, 698 para a Civil e 123 para a Técnico-Científica – um investimento de mais de R$ 162 milhões.

Reforço no efetivo

A Academia de Polícia Dr. Coriolano Nogueira Cobra está preparando 252 policiais técnico-científicos de diversas carreiras, que passarão a integrar a superintendência nos próximos meses. No primeiro trimestre, eles foram nomeados e empossados por Alckmin.

Desde 2011, foram contratados 420 agentes para a Polícia Científica, sendo 113 médicos legistas e 160 peritos, 29 atendentes de necrotério, 22 auxiliares de necropsia, 6 desenhistas e 90 fotógrafos técnico-periciais.

 

Desigualdade

Das 91 viaturas adquiridas, 15 ficarão na Capital e 13 na Região Metropolitana de São Paulo, das quais duas para Guarulhos. As demais 73, distribuídas para cidades do interior.

Chama a atenção o quinhão atribuído a Campinas, que receberá 11 viaturas; São José dos Campos, 7; São José do Rio Preto, Ribeirão Preto e Sorocaba, 6 cada; Marília e Presidente Prudente, 5; outras cidades, 4 cada uma.

Por que apenas duas para Guarulhos?

Há poucos dias, o governo Alckmin remanejou para Campinas, com a bênção da Assembleia Legislativa, R$ 700 milhões que estariam destinados no Orçamento para construção de piscinões em Guarulhos.

Ou o governador tem algo muito a favor de Campinas ou muito contra os guarulhenses.

Valdir Carleto

Fonte:http://www.clickguarulhos.com.br/

Share This: