Executivo revela por que o Facebook desistiu de lançar um smartphone

Os rumores de que o Facebook lançaria um smartphone se acalmaram quando a empresa apresentou, em 2013, o Home, uma customização do Android que acabou não dando certo. O telefone, entretanto, nunca apareceu, e agora o homem responsável pelo seu desenvolvimento explicou por quê.

Em 2010, Chamath Palihapitiya atuava como líder de crescimento do Facebook quando o designer suíço Yves Béhar desenhou um aparelho “lindo” e “inovador” para a companhia. O projeto só não saiu do papel porque Palihapitiya queria que ele tivesse o mesmo apelo do iPhone.

“Não deu certo principalmente por causa do meu ego”, admitiu o executivo, em conversa com o Re/code. “Havia um período de 12 meses de super-criatividade concentrada… eu podia destacar um grupo inteiro de pessoas, realmente os melhores entre os mais criativos, pessoas novas no Facebook, e eu realmente os convenci de que deveríamos criar não apenas uma plataforma de software, mas o software e o hardware juntos.”

Como destaca o Re/code, no mercado de smartphones esse tipo de desenvolvimento casado tem sido especialidade da Apple desde que a empresa apresentou o primeiro iPhone, em 2007. Mesmo assim, Palihapitiya acreditava que havia espaço para se fazer algo diferente.

“Eu tornei difícil para o Mark [Zuckerberg] dizer sim”, continuou ele. “Teria custado US$ 1 bilhão ao Facebook fazer o que eu queria, o que era uma ideia totalmente disruptiva (…) o problema é que o Facebook ainda era [uma empresa] privada e mal possuía um bilhão.”

Recentemente Palihapitiya se encontrou com Béhar e disse que o designer ainda guarda um protótipo do smartphone.

Fonte:http://olhardigital.uol.com.br/

Share This: