Facebook paga R$ 40 mil extras para funcionários morarem perto da empresa

ale do Silício é a casa de centenas de companhias grandes e startups na Califórnia, nos Estados Unidos. O Facebook também tem uma das sedes por lá e, para ajudar os funcionários que moram longe do local, a rede de Zuckerberg está pagando um bônus no valor de US$ 10 mil para os trabalhadores alugarem uma casa mais perto da empresa, segundo o The Guardian.

Esse valor extra é pago para o funcionário que alugar uma moradia dentro de um raio de 16 quilômetros da sede do Facebook. Caso ele sustente uma família, o valor pode partir de US$ 15 mil e alcançar números maiores.

Ao que parece, a companhia pode até economizar com esses bônus: até agora, o Facebook pagava um serviço de ônibus bem luxuoso para buscar os integrantes da companhia em cidades vizinhas, como Mountain View, San José e Palo Alto.

“Nossos benefícios no Facebook são pensando para ajudar os nossos empregados e as pessoas que mais importam para eles em todos os estágios da vida”, comentou um porta-voz da empresa.

Bom para a empresa, ruim para os habitantes

Por outro lado, o Vale do Silício está sofrendo com uma crise imobiliária. Por isso, o medo no local é que o programa do Facebook acelere uma gentrificação de comunidades locais — a gentrificação é um fenômeno que valoriza a região e afeta a população de baixa renda no local; custos de bens e serviços ficam mais caros, e antigos moradores começam a ser expulsos por fatores como preços altos e realidade alterada.

John Liotti, executivo do grupo de advogados Able Works, em Palo Alto, comentou que “as famílias locais vão sair machucadas” desse bônus oferecido aos funcionários pelo Facebook.

Fonte:http://www.tecmundo.com.br/

 

Share This: