Guarulhense expõe quadros em Miami

O artista plástico Mizael Lima vai expor na Art & Design Gallery, em Miami, entre os dias 17 e 31 deste mês. Pintor autodidata, Mizael é servidor público concursado e trabalha na Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SDU), onde ocupa o cargo de agente Administrativo.

Para a mostra nos Estados Unidos, o pintor escolheu exibir a tela “Mulher com banjo e passarinho” (foto). Do lado de cá, vai ter de controlar a ansiedade e torcer para que dê tudo certo em Miami. “Estou com muita expectativa para essa exposição”, diz o artista. “É a terceira vez que exponho nos Estados Unidos e a primeira em Miami. Fico muito feliz com os convites que recebo para mostras. Isso indica interesse pelo meu trabalho e essas exposições enriquecem meu currículo. Isso é muito bom”, diz entusiasmado.

Devido ao trabalho na SDU e aos custos de deslocamento e hospedagem envolvidos na viagem, o pintor não poderá acompanhar a mostra nos Estados Unidos e será representado, como já aconteceu em outras ocasiões, pela produtora cultural e curadora Ângela Oliveira, que já levou sua obra para algumas das mais renomadas galerias.

Nessa breve, mas promissora história, a obra de Mizael já conheceu, além do Brasil, galerias em países da Europa e dos Estados Unidos. Recentemente, recebeu convite e expôs na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York (ver abaixo). Depois de Miami, o artista da Prefeitura já tem convite para mostra no mítico Carrousel Du Louvre – a galeria que fica no subsolo do Museu do Louvre –, em Paris (França), em outubro, e em Florença (Itália), no mês de novembro.

Em 2017, outros centros mundiais de artes receberão os trabalhos de Mizael: Punta Del Leste (Uruguai, em janeiro); Bruxelas (Bélgica, fevereiro); e Tóquio (Japão, maio).

Bailarina

Foi um óleo sobre tela de 50x50cm, exposto na sede das Organizações das Nações Unidas (ONU), em Nova York (EUA), em maio, que abriu definitivamente as portas das galerias do mundo para o servidor público municipal Mizael Lima. Vida em Harmonia, obra do artista que ganhou fama, retrata uma bailarina rechonchuda, vestida com os quatro elementos naturais, projetando-se num salto conhecido no balé como Grand Jeté. “Fiquei surpreso e lisonjeado em saber que havia outros artistas expondo e que meu trabalho foi o escolhido”, ressalta.

Impressionando pela singeleza, Vida em Harmonia logo remete aos traços de Fernando Botero. O artista brasileiro concorda, já que também admira o consagrado pintor colombiano, mas explica: “São estilos diferentes”. E se apressa em explicar que sua maior referências nas artes plásticas são as telas do pintor holandês Vicent Van Gogh, embora tenha treinado muito reinterpretando, entre outros, Amedeu Modigliani e Eugène Delacroix.

Importa muito essas referências. E talvez seja por isso que a vida de artista de Mizael segue em ascensão. Hoje, suas telas estão estampadas em bolsas, sacolas, camisetas, almofadas e capas para celulares da fabricante de doces franceses Azukar, dos Estados Unidos.

Para saber mais acesse: https://www.facebook.com/mizaellimaartistaplastico/

Fonte:https://www.clickguarulhos.com.br/

Share This: