Guarulhos já tem mais de 37 mil empreendedores individuais

Assunto: Entrega do Certificado do Selo Ei to LegalLocal: Adamastor Data: 15/06/2015/Fotos: José Luiz/PMG

Em uma cerimônia realizada na manhã desta segunda-feira, dia 15, no Adamastor Centro, a Prefeitura entregou licenças e o selo “Ei, Tô Legal, Sou Empreendedor Individual” a mais 270 empreendedores do município. Eles receberam o documento das mãos do prefeito Sebastião Almeida, que mais uma vez destacou as vantagens oferecidas pelo programa “Microempreendedor Individual” (MEI) a quem busca regularizar a atividade seu estabelecimento comercial.

Assunto: Entrega do Certificado do Selo Ei to LegalLocal: Adamastor Data: 15/06/2015/Fotos: José Luiz/PMG

Assunto: Entrega do Certificado do Selo Ei to LegalLocal: Adamastor Data: 15/06/2015/Fotos: José Luiz/PMG

“Sem dúvida, o mais importante é garantir uma aposentadoria, por meio das contribuições mensais proporcionados aos MEIs”, disse Almeida. “Hoje, a pessoa tem um pequeno comércio, tem seus ganhos mensais, e não se importa muito com o futuro. Depois, este período sem contribuição faz falta quando o cidadão corre atrás do benefício.”

Em Guarulhos, o programa Microempreendedor Individual passou a vigorar após a aprovação da Lei 6748, de 2010. No total, a cidade tem atualmente 37.189 cadastrados no Programa Microempreendedor Individual, sendo que a concentração maior de empreendedores se encontra nas regiões do Pimentas, Cumbica e Bonsucesso. O projeto é desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em parceria com o Sebrae.

Além da aposentadoria por idade, outros benefícios são oferecidos pelo programa, como auxílio-maternidade, auxílio-doença, pensão por morte, aposentadoria por invalidez e auxílio-reclusão. Os MEIs também têm acesso à rede bancária e ao crédito, por meio de empréstimos e financiamentos. Outra vantagem é a possibilidade de fazer negócios com o Governo e outros órgãos públicos.

O programa também inclui a participação em cursos oferecidos pelo Sebrae, o que pode ser decisivo na hora de planejar e estruturar o negócio. “Temos buscado estabelecer um diálogo permanente com o setor produtivo de Guarulhos e fomentar o empreendedorismo”, disse Almeida. Segundo o prefeito, as pessoas que regularizam o negócio pelo programa podem trabalhar tranquilas. “Tudo está dentro da lei”.

Para obter a licença, basta pagar uma taxa mensal de até R$ 42,20. Qualquer pessoa que trabalha por conta própria em atividade comercial, industrial ou de prestação de serviços, desde que fature até R$ 60 mil por ano, pode ser um empreendedor individual. Mais informações pelo telefone 2475-7922 ou pessoalmente no Fácil Empresarial (avenida Emílio Ribas, 1.120, Gopoúva).

fonte: guarulhos.sp.gov.br

Share This: