Jogos Mundiais dos Povos Indígenas movimentaram R$ 2,5 milhões em Palmas

Os Jogos Mundiais Indígenas, realizados em Palmas (TO), colocaram em evidência a cultura e as belezas naturais do Tocantins. A cerimônia de encerramento ocorreu neste sábado (31) e celebrou a integração, o respeito, a diversidade e a paz. A competição atraiu um público de mais de 104 mil pessoas que movimentaram o turismo e acrescentaram cerca de R$ 2,5 milhões na economia da região, de acordo com a organização do evento.

Ao todo, o evento durou 13 dias, reuniu 24 etnias brasileiras e de mais 23 países em modalidades como tiro com arco e flecha, arremesso de lança e cabo de força. Além dos jogos, os turistas também puderam aproveitar as atividades culturais, lideradas pelos povos indígenas.

A escolha do Tocantins levou em conta, entre outros fatores, a expressiva presença de populações indígenas: cerca de 13 mil pessoas de sete etnias vivem no estado. O critério de seleção das equipes pelo Comitê Intertribal Memória e Ciência Indígena (ITC) também contemplou os biomas brasileiros.

Dois destes biomas, o Cerrado e a Floresta Amazônica estão presentes no Tocantins. Juntos, o patrimônio natural e a cultura indígena tornam o Tocantins um destino único. Além da capital Palmas os lagos e praias do Cantão e do Jalapão estão entre os principais atrativos turísticos do estado. No portal do turismo, é possível acompanhar uma série de reportagens sobre alguns dos melhores lugares do Tocantins para se visitar.

A próxima edição dos Jogos Mundiais Indígenas será em 2017, no Canadá.

*Com informações do Ministério do Esporte

Fonte:http://www.turismo.gov.br/

Share This: