Leite de barata tem 3 vezes mais energia que o de vaca, diz estudo

A reprodução das baratas geralmente ocorre com ovos, mas, nesta espécie específica, os embriões crescem e se desenvolvem num órgão especializado dentro da mãe, que os alimenta com o leite. Uma vez ingerido pelos embriões, o líquido se transforma em cristais.

Os pesquisadores fizeram um pequeno corte no intestino médio dos embriões e analisaram a substância. O resultado do estudo aponta que o leite da barata tem três vezes mais energia que o das vacas. Ele é formado por gorduras, açúcares e proteínas.

Então ele poderia ser uma alternativa de alimento para humanos no futuro? Em entrevista ao jornal “The Washington Post”, o bioquímico e pesquisador Ramaswamy disse que o leite de barata “tem um gosto que não se parece com nada em especial”, segundo um amigo que experimentou. De acordo com Ramaswamy, o maior desafio é convencer os humanos a consumir algum produto que tenha leite de barata. “Não acho que alguém vai gostar se você disser: ‘Nós extraímos cristais de uma barata e isso será comida'”, disse ao jornal.

Além disso, as baratas não têm mamilos, o que poderia dificultar a extração do material. Ramaswamy também disse que estudos futuros devem avaliar se o leite é tóxico para seres humanos. “Eu posso vê-lo [leite de barata] em bebidas de proteína”, completou.

http://g1.globo.com/

Share This: