Maceió celebra 200 anos com shows e desfiles

Em Maceió, o mar azul e a cidade convivem em harmonia. A capital de Alagoas, conhecida por suas praias de águas quentes e cristalinas e expressiva identidade cultural, completa 200 no próximo sábado (5). Para celebrar o aniversário, a prefeitura organizou diversos eventos que começaram em novembro e se estendem até o final de dezembro.

No próximo sábado (5) a festa tem início às 10 horas com desfiles e esquadrilha da fumaça. À noite, haverá show no estacionamento do Jaraguá. A celebração, no entanto, continua para aqueles que tiverem o privilégio de visitar as piscinas naturais de Pajuçara, seu cartão-postal mais conhecido, onde é possível observar peixes em um mar tranquilo e cristalino.

Praias mais urbanas como Ponta Verde e Cruz das Almas compõem a orla marítima de Maceió, uma das mais visitadas pelos turistas que viajam para a cidade. A capital é também escolhida por casais como destino de lua de mel. A vontade de conhecer o “caribe brasileiro” foi o que motivou Flávia Karoline e José Wilker, de Brasília, após o casamento. “Maceió tem as praias mais bonitas que já conheci. Um dos passeios mais incríveis que fizemos na cidade foi o mergulho”, conta Flávia.

A cultura maceioense também é expressiva e marcante. Lá nasceram artistas, escritores e músicos como o cantor e compositor Djavan e o poeta Lêdo Ivo. Festas e danças como Caboclinho, Carvalhada, Chegança, Bumba Meu Boi, Coco Alagoano, Festa de Reis, Guerreiro, Pastoril, Reisado, Quilombo e Zabumba fazem parte das manifestações folclóricas da região.

O principal artesanato de Maceió é o filé: uma renda feita principalmente por mulheres, com técnicas passadas de mãe para filha através das gerações. Para encontrar este e outros artesanatos locais, os turistas podem ir até o Mercado do Artesanato, a Feirinha da Pajuçara ou o Pavilhão da Pajuçara.

Nos últimos 10 anos, o Ministério do Turismo destinou R$ 177 milhões para obras em Maceió. Elas contribuíram para o desenvolvimento de atividades ligadas ao setor e para o ganho de competitividade do destino.

Fonte:http://www.turismo.gov.br/

Share This: