NOTEBOOKS ENTREGUES A PROFESSORES FORAM ALUGADOS E NÃO COMPRADOS

Os 5.500 notebooks entregues aos professores da rede municipal de ensino, não foram comprados, mas alugados pela Secretaria de Educação.

Respondendo a questionamento da revista Weekend e portal Click Guarulhos, a Pasta respondeu, pela Assessoria de Imprensa que três empresas participaram do pregão presencial  nº 583/14 – DCC: Works Inf Comercial Ltda; A2 works Com Serv Ltda – EPP e Omini Com e Serv Ltda, tendo sido vencedora a primeira, que ofertou o modelo: Positivo Master N25Oi, pelo preço unitário mensal de R$ 90 (noventa reais).

Portanto, o valor mensal a ser pago será de R$ 495 mil, totalizando em um ano R$ 5.940.000,00.

Segundo a Secretaria de Educação, “o contrato foi vantajoso também porque optou-se pela utilização de sistema operacional de código aberto reforçando a política municipal de uso de software livre nas repartições públicas e atendendo os anseios da Lei Nº 6.516, de 17 de junho de 2009, cujo Art. 4º, inciso III diz: opção preferencial pela adoção do software livre”.

O contrato inclui assistência técnica e a instalação e configurarção do Sistema Operacional Linux “para obter o completo e máximo desempenho do equipamento”.

A Secretaria informou as características técnicas dos notebooks: processador de quarta geração Intel Core i3-4000M, 2.40 GHz, 3M Cache, Dual Core; Chipset: Intel® HM87; Memória RAM: 04 GB DDR3L SDRAM (Suportar 1.600 MHz); Slots de Memória: 2x SO-DIMM DDR3L (Dual Channel); Armazenamento: Disco Rígido (HDD) 500 GB, SATA, 2,5” 7mm(A), 5400 RPM.

Na resposta, a Secretaria de Educação afirma que vem desenvolvendo diversas ações com objetivo de garantir a integração da tecnologia à educação, otimizando o processo administrativo e pedagógico da Rede Municipal em três eixos fundamentais: tecnologia e infraestrutura; formação permanente na modalidade de Educação a Distância e desenvolvimento de aplicativos para a Gestão Pedagógica como: Diário Eletrônico de Classe, Frequência Eletrônica, Registro Síntese Digital, Planejamento Pedagógico Digital e Aula Digital.

POR QUE ALUGAR EM VEZ DE COMPRAR?

Notebooks Positivo com as mesmas configurações dos que foram alugados pela Prefeitura de Guarulhos podem ser encontrados pelo consumidor em lojas comuns de varejo por R$ 1.224,02, em três parcelas sem juros de R$ 408,01. É evidente que se fosse comprá-los nessa quantidade – 5.500 unidades – o Município pagaria bem menos do que se fosse um só aparelho.

O Click Guarulhos pesquisou opiniões na internet e a maioria das respostas é favorável à locação, no lugar da compra, quando se trata de equipamentos de alta tecnologia, de custo elevado, e que precisem ser utilizados por empresas que dependam de que as máquinas estejam em dia com as mais recentes inovações.

Evidentemente, esse não é o caso dos notebooks locados pela Secretaria de Educação. Se eles serão utilizados por professores (as), para tarefas básicas, em aplicações burocráticas da própria função e para treinamento a distância, não haveria problema de continuar com a mesma máquina por dois anos ou mais. Se, em vez de alugá-los a Prefeitura os comprasse, fariam parte do patrimônio da Prefeitura e continuariam sendo utilizados por muito tempo.

O Click pesquisou também em quanto tempo quem investe em equipamentos de informática recupera o capital aplicado. Em média, 16 meses. A empresa que venceu o pregão da Prefeitura recuperará o investimento em um ano.

Uma vantagem de alugar notebooks é que ao necessitar de um conserto, o locador pode substituir o equipamento, enquanto faz o reparo. Isso evitaria que o funcionário que estiver utilizando-o fique sem o notebook temporariamente. Para que isso funcione, no entanto, o funcionário não poderá salvar informações das quais possa precisar, pois uma máquina substituta não conterá esses dados.

Uma das fontes pesquisadas pelo Click, o site Palpite Digital alerta para a questão da segurança dos dados: “Ao alugar um computador os dados importantes e muitas vezes confidenciais de sua empresa estarão dentro dele, e um descuido significa que tais dados ficarão em posse da empresa locadora. Por mais que as empresas de locação de computadores sejam confiáveis, é sempre melhor manter as informações críticas em local seguro e fora do acesso de terceiros. Quando um computador locado precisar ser substituído, são os funcionários da empresa locadora que terão que copiar os seu dados para o novo computador. Muitas vezes estes mesmos técnicos são os responsáveis pelo backup e irão manter cópias dos dados sensíveis de sua empresa. Talvez seja melhor ter uma equipe própria para gerenciar a informática, ou ao menos os servidores da empresa. Ou, melhor ainda, a empresa pode passar a armazenar seus documentos na nuvem, de forma organizada e que qualquer funcionário terá como acessar, caso necessário, mas sem disponibilizar os dados para terceiros”.

MUITAS COINCIDÊNCIAS

O Click Guarulhos pesquisou os CNPJs das empresas que participaram do pregão presencial. Entre as empresas Works Informática Comercial Ltda. e a A2 Works Comércio e Serviços Ltda., há mais coincidências do que nos nomes das empresas.
Ambas estão localizadas no bairro da Saúde, em São Paulo. A A2 tem outro endereço em Campinas. Até aí nada de mais. A Works tem como sócios dois homens, um de sobrenome Martins e o outro, Fernandes. A A2 Works tem como sócias duas mulheres, uma Martins, e outra, Fernandes. Os endereços residenciais das duas são os mesmos dos endereços residenciais dos dois. Provavelmente, então, são dois casais.
Não há nenhuma vedação legal para que duas empresas do mesmo ramo tenham ligações familiares. Porém, em sendo assim, o pregão pode ter tido apenas mais um concorrente, a Omni Comércio e Serviços Ltda., de Brasília (DF), pois os preços ofertados pelas duas outras empresas fatalmente terão sido combinados.
Essas constatações devem atrair a atenção da Câmara Municipal para esse contrato milionário, principalmente pelo fato do secretário Moacir de Souza ser pré-candidato à Prefeitura de Guarulhos e ter, mesmo dentro do seu partido o PT, outros pretendentes ao cargo, como o deputado estadual Alencar Santana e o ex-prefeito Elói Pietá. A bancada petista tende a se dividir entre os três.

Fonte:http://www.clickguarulhos.com.br/

Share This: