Organização feminina: aprenda a ser multitarefa

Conseguir fazer várias coisas ao mesmo tempo sempre foi algo inerente às mulheres, até mesmo por seus diferentes papéis na sociedade: filha, esposa, dona de casa, mãe e, mais recentemente, profissional. Mas com tantas tarefas, fica difícil dar conta de tudo.

Dila Brandão, professional life coach, acredita que com a luta pela igualdade de gênero, a mulher ganhou mais espaço no mercado de trabalho e na sociedade; porém, apesar de positivo, isso fez a agenda feminina multiplicar. “Desdobrar-se em duas ou três é uma qualidade, mas ninguém consegue focar 100% de sua atenção em coisas diferentes de uma vez só. Portanto, o segredo é a organização, dividindo períodos específicos para cada atividade. […] Se você estipulou que vai brincar com os filhos de segunda, quarta e sexta, das 19h às 21h, para que esse tempo seja proveitoso e de alta qualidade, é de extrema importância desconectar sua mente de outras distrações. Vale colocar o celular no silencioso ou desligar a TV, por exemplo”.

Para a especialista, um processo de coaching também pode ajudar. “A metodologia passa por cinco etapas: foco, planejamento, ação, melhoria contínua e resultado, o que auxilia no diagnóstico do estado atual do coachee [cliente] e na descoberta de onde ele quer chegar. O autoconhecimento é trabalhado com bastante ênfase, sendo possível enxergar habilidades, valores, fragilidades e, assim, trabalhar de forma mais assertiva para alcançar o resultado esperado”. Sobre o fracasso ou sentimento de culpa, Dila é enfática: “Ser multitarefa não quer dizer ser perfeita. É muito comum não dar conta de tudo; por isso é necessário reconhecer limites e dividir tarefas, principalmente em casa. Sentir-se incapaz não ajuda em nada; pelo contrário, desenvolve a frustação. A medida mais inteligente é olhar com sabedoria e respeito pra você mesma e deixar as super-heroínas para a ficção”. O problema, afirma ela, é não conseguir que as coisas sejam feitas de outra forma e acabar pegando tudo para si, atitude que deixa de dar oportunidades de crescimento para os outros e sobrecarrega a mulher.

Trabalhando em equipe

Não é segredo nenhum que ser mãe é uma das tarefas que mais exige a dedicação feminina, mas ela não deve ser apontada como culpada pela rotina apertada. “Muitas mulheres que optaram por adiar ou até mesmo não vivenciar a maternidade assumem diversas tarefas e a vida moderna só intensifica isso, com filhos ou não”. Para dividir e delegar tarefas, Dila recomenda a criação de equipes. “Uma equipe é muito mais que um grupo: nela cada pessoa utiliza todo seu potencial e suas habilidades individuais para um objetivo coletivo, o que gera uma sinergia incrível de motivação, transformação e resultado. Dá para usar isso na família, no trabalho, nos estudos; dessa forma, a divisão das tarefas torna-se algo mais leve e os resultados mais consistentes”.

Não é segredo nenhum que ser mãe é uma das tarefas que mais exige a dedicação feminina, mas ela não deve ser apontada como culpada pela rotina apertada. “Muitas mulheres que optaram por adiar ou até mesmo não vivenciar a maternidade assumem diversas tarefas e a vida moderna só intensifica isso, com filhos ou não”. Para dividir e delegar tarefas, Dila recomenda a criação de equipes. “Uma equipe é muito mais que um grupo: nela cada pessoa utiliza todo seu potencial e suas habilidades individuais para um objetivo coletivo, o que gera uma sinergia incrível de motivação, transformação e resultado. Dá para usar isso na família, no trabalho, nos estudos; dessa forma, a divisão das tarefas torna-se algo mais leve e os resultados mais consistentes”.

Confira as dicas da profissional:

» Tenha sempre um check-list
Crie listas para as coisas que você precisa. “Eu mesma desenvolvi uma com produtos de mercado, porque sempre ia correndo e esquecia alguma coisa. Agora ela fica na porta da geladeira e todos da casa podem sinalizar um produto que acabou ou está acabando. Ela está dividida por setor e contempla todos os itens, ou quase todos, o que também facilita na hora da compra”, conta Dila.

» Organize sua semana
Não conseguimos realizar bem todos os papéis (mãe, esposa, mulher) de uma vez só; por isso, é interessante ter um tempo específico para cada um deles. Reserve um dia para se dedicar ao seu relacionamento amoroso, outro especialmente aos filhos e um somente para você. Não precisa ser o dia todo, mas determine data e horário e vivencie somente aquilo, desligando-se das outras situações. Dessa forma, além do que já é feito no dia a dia, é possível potencializar o desempenho de cada papel com mais regularidade e organização.

» Gerencie seu dia e curta as pausas
A coach indica a técnica Pomodoro, desenvolvida por Francesco Cirillo no final dos anos 80, que divide o tempo de trabalho em períodos de 25 minutos, chamados de pomodoro. “Estudos apontam que pessoas que escrevem realizam mais do que aquelas que deixam tudo por conta da memória; por isso, faça uma lista de tarefas e depois escolha a que vai fazer. Ajuste o alarme para um pomodoro, ou seja, 25 minutos, e trabalhe nesta tarefa até que ele toque, fazendo um X em sua anotação. Agora, faça uma pausa curta, de três a cinco minutos. Você pode beber uma água, um café, ir ao banheiro ou levantar para se alongar. Volte para a lista da mesma forma anterior e inicie uma nova atividade ou finalize aquela. Quando o relógio tocar de novo, faça outro X e uma nova pausa. Ao terminar definitivamente algo, faça um risco em cima dela. A cada quatro pomodoros, faça um descanso mais longo, de 15 a 30 minutos. Isso permite manter o foco, respeitar os limites do corpo e da mente e mensurar no que você é mais ou menos produtiva”.

Quer conferir o arquivo que Dila criou para sua lista de compras ou o modelo que utiliza para organizar a semana? Basta mandar um e-mail para contato@dilabrandao.com.br, que ela te envia uma versão.#ficadica

Fonte:http://www.clickguarulhos.com.br/

Share This: