Pato explica jantar com Kia após derrota e admite voltar ao Corinthians

Alexandre Pato falou sobre a derrota do São Paulo por 3 a 1 para o Santos, pela semifinal da Copa do Brasil, nesta quarta (21), no Morumbi. No entanto, o que mais chamou atenção na entrevista do atacante após o jogo foi a atitude firme com relação ao seu futuro, ainda incerto, já que o vínculo de empréstimo acaba no final do ano e ele ainda tem contrato com o Corinthians.

Pato admitiu o encontro com Andrés Sanchez e o empresário Kia Joorabchian no começo do mês, quando aumentaram rumores sobre a saída do São Paulo e até mesmo do Brasil.

“Realmente fui jantar com o Andrés e o Kia, além dos meus empresários. Tenho 30 dias para jogar aqui, Se o São Paulo não se interessar, tenho que viver a minha vida, tenho que saber o que vai acontecer. Se o São Paulo não tiver interesse, tenho de sentar com a pessoa que tem o poder sobre mim. No caso, o Corinthians. Minha vontade é ser feliz, quero jogar”, disse o jogador.

“Se o Corinthians quiser e o São Paulo não quiser, serei profissional. Falar que quer e não receber nada também não é justo”, completou Alexandre Pato.

Há quase dez dias, após jantar entre Andrés Sanchez, Kia e Alexandre Pato, surgiram notícias sobre os valores pedidos pelo Corinthians para venda do jogador. O diretor de futebol adjunto do Corinthians, Eduardo Ferreira, apresentou números em torno dos R$ 100 milhões.

“Nós queremos 25 milhões de euros. As conversas que já tivemos foram mais ou menos nesse número. O jogador agora está valorizado”, confirmou Edu ao UOL Esporte no dia 13 de outubro. A intenção do Corinthians, neste caso, seria ficar com os 60% que tem direito. Ou seja, R$ 60 milhões.

Fonte: http://esporte.uol.com.br/

Share This: