Polícia apreende quase uma arma de fogo por dia este ano em Guarulhos

Nos quatro primeiros meses de 2015, a Polícia Civil apreendeu em Guarulhos 104 armas de fogo, o que representa quase uma por dia. O número é 25% menor do que no mesmo período do ano passado, quando foram apreendidas 139 armas de fogo, enquanto no ano todo, a polícia ficou com 417 armas.

O Ministério Público do Estado de São Paulo e o Instituto Sou da Paz lançaram em março deste ano a campanha “DNA das Armas”, para promover o debate sobre a necessidade de implantação de tecnologia inteligente de marcação individual das armas de fogo. A proposta diz que toda arma produzida no Brasil tenha uma marca impossível de ser suprimida, para impedir a raspagem do número de série, facilitando o rastreamento das que são usadas em crimes.

Uma pesquisa realizada pelos dois parceiros na cidade de São Paulo mostrou que, das armas apreendidas em situações de roubo e homicídio em 2011 e 2012, metade delas não pode ter o seu perfil revelado por conta da numeração raspada. Colocando os números em prática em Guarulhos, 52 das armas de fogo apreendidas este ano e 208 do ano passado não possuem identificação.

O levantamento mostrou também que 38% das armas rastreadas tinham registro legal prévio, o que mostra que foram vendidas legalmente e, após um provável furto, desviadas para as mãos de criminosos. Das armas utilizadas em homicídios, 40% não podem ser rastreadas, enquanto em roubos 54% estavam com a numeração raspada.

O DNA das armas, que já é realidade em países como a Suíça, por exemplo, visa ampliar a capacidade dos organismos de segurança pública de mapear o comércio ilegal, além de servir como nova ferramenta no desenho de estratégias para a redução dos índices de violência. Ele pode contribuir para a redução do comércio ilegal e dos crimes praticados com armas de fogo, além de aperfeiçoar as investigações criminais.

Fonte: guarulhoshoje.com.br

Share This: