Preços dos medicamentos variam até 1.200% em São Paulo, diz pesquisa do Procon-SP

O preço dos remédios varia até 1.200% na capital paulista Reprodução / TV Record

O mesmo antibiótico custa R$ 15,48 em uma farmácia e R$ 69,36 em outra

Os preços dos medicamentos apresentam uma diferença de até 1.200% na cidade de São Paulo, de acordo com a pesquisa do Procon-SP.  Entre os produtos genéricos, a maior diferença é na Nimesulida, que varia de R$ 1,77 a R$ 23,03 (1.201% de diferença). O preço médio do medicamento é de R$ 11,69.

Entre os remédios de marca, os chamados medicamentos de referência, o Amoxicilina é o de que teve maior diferença, de R$ 15,48 a R$ 69,36 (348,3% de diferença). O preço médio do medicamento é de R$ 52,38.

O Procon-SP fez a sondagem em 15 farmácias nas cinco regiões da capital paulista. Foram pesquisados 68 medicamentos, sendo 34 de referência e 34 genéricos. A região Sul concentrou o maior número de medicamentos com preço menor ou igual à media.

 

http://noticias.r7.com/

Share This: