Prefeitura diz que motoristas e cobradores de ônibus são treinados para atender deficientes

Desde julho, a Prefeitura de Guarulhos treina motoristas e cobradores das empresas municipais de ônibus para o atendimento de pessoas com deficiências física, auditiva, visual, intelectual, múltipla, entre outras. Até o momento, 687 profissionais já foram treinados e o objetivo da ação é treinar 100% do quadro de funcionários das empresas Viação Urbana, Vila Galvão e Campo dos Ouros até o dia 15 de dezembro.

A atividade objetiva capacitar o quadro de funcionários das empresas de ônibus acerca dos direitos, necessidades e conquistas das pessoas com deficiência. Além disso, aborda os termos usados para se comunicar com elas. As aulas são divididas em grupos com 30 participantes.

Desde julho, a Prefeitura de Guarulhos treina motoristas e cobradores das empresas municipais de ônibus para o atendimento de pessoas com deficiências física, auditiva, visual, intelectual, múltipla, entre outras. Até o momento, 687 profissionais já foram treinados e o objetivo da ação é treinar 100% do quadro de funcionários das empresas Viação Urbana, Vila Galvão e Campo dos Ouros até o dia 15 de dezembro.

 

A atividade objetiva capacitar o quadro de funcionários das empresas de ônibus acerca dos direitos, necessidades e conquistas das pessoas com deficiência. Além disso, aborda os termos usados para se comunicar com elas. As aulas são divididas em grupos com 30 participantes.

Situações reais que expõem os principais estereótipos ligados aos deficientes e as dificuldade deles nos coletivos e em outras ocasiões são exibidas em vídeos para que eles aprendam a melhor forma de atendê-los. “As pessoas têm que enxergar um sujeito com deficiência como capaz. É necessário dar a eles o direito ao transporte mais humanizado”, afirma Firmino Manoel da Silva, coordenador de Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida.

Desde julho, a Prefeitura de Guarulhos treina motoristas e cobradores das empresas municipais de ônibus para o atendimento de pessoas com deficiências física, auditiva, visual, intelectual, múltipla, entre outras. Até o momento, 687 profissionais já foram treinados e o objetivo da ação é treinar 100% do quadro de funcionários das empresas Viação Urbana, Vila Galvão e Campo dos Ouros até o dia 15 de dezembro.

 

A atividade objetiva capacitar o quadro de funcionários das empresas de ônibus acerca dos direitos, necessidades e conquistas das pessoas com deficiência. Além disso, aborda os termos usados para se comunicar com elas. As aulas são divididas em grupos com 30 participantes.

Situações reais que expõem os principais estereótipos ligados aos deficientes e as dificuldade deles nos coletivos e em outras ocasiões são exibidas em vídeos para que eles aprendam a melhor forma de atendê-los. “As pessoas têm que enxergar um sujeito com deficiência como capaz. É necessário dar a eles o direito ao transporte mais humanizado”, afirma Firmino Manoel da Silva, coordenador de Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida.

“A empatia é um dos principais meios para se comunicar com os deficientes”, acredita o motorista Ivanildo João Trindade, da viação Campos dos Ouros. “Tem gente que não quer perder 5 minutos para ajudar na locomoção de um cadeirante. Mas é necessário se colocar no lugar do outro, pois muitos se estressam por falta de compreensão”, concluiu.

O usuário das linhas de ônibus que se sentir prejudicado pelo mau atendimento de motoristas, cobradores ou fiscais pode fazer a denúncia através do número 2475-6996, informando a linha, horário e local onde houve o problema.

Fonte:http://guaruevoce.com.br/

Share This: