Ricardo Oliveira faz dois, e Santos acaba com invencibilidade do Corinthians

O Santos não tomou conhecimento do time misto do Corinthians neste domingo. Na Vila Belmiro, a equipe da casa venceu por 2 a 0, com dois gols de Ricardo Oliveira, em confronto válido pela oitava rodada do Paulistão.

 O resultado tirou uma invencibilidade de 26 jogos que o Corinthians mantinha no Campeonato Paulista. O último revés havia sido no dia 9 de março de 2014, um 3 a 2 para o São Paulo. De quebra, o time também estava sem perder na atual temporada, contabilizando também jogos pela Libertadores.

A equipe alvinegra atuou com um time repleto de suplentes devido ao confronto com o Cerro Porteño na próxima quarta, pela Copa Libertadores.

O Santos, por sua vez, alcançou os 15 pontos e disparou na liderança do Grupo A. E ainda encostou no próprio Corinthians, que tem 17, na chave D, e ainda a melhor campanha da competição.

O próximo compromisso do time da Vila Blemiro será diante do Água Santa, dia 12 de março, no Pacaembu. Já o Corinthians vai a Ribeirão Preto no mesmo dia encarar o Botafogo, no Estádio Santa Cruz.

O jogo na Vila Belmiro

O Santos começou melhor e abriu o placar no começo da partida.

Renato lançou Lucas Lima, que avançou e cruzou rasteiro para Serginho, que bateu de primeira. Cássio deu rebote para o meio da área, e Ricardo Oliveira cumpriu seu papel de centroavante e empurrou para as redes.

O melhor lance do Corinthians na primeira etapa veio só no fim. Romero abriu para Danilo, em boa posição. O meia entra na área e bateu forte, mas para fora.

No segundo tempo, Lucas Lima abriu para Serginho, que cruzou para o meio da área do Corinthians. A bola passou por todo mundo, ninguém aproveitou, e o Santos perdeu a chance de ampliar.

O Corinthians cresceu de produção e passou a ameaçar mais vezes a meta santista. Lucca recebeu dentro da área, ajeitou e tocou de calcanhar para Arana, que passava. O lateral exagerou na força e bateu longe do gol rival.

Depois, Bruno Henrique roubou a bola no meio e tocou para Luciano, que achou Alan Mineiro entre a marcação. No bate e rebate, o Santos se salvou da forma que conseguiu.

No fim, Ricardo Oliveira aproveitou falha de Alan Mineiro, entrou sozinho na área e tocou na saída de Cássio, fazendo o segundo do Santos. E foi só na Vila.

Fonte:http://www.msn.com/

Share This: