Rossi detona punição após chute em rival na MotoGP e ameaça boicotar prova

Punido por derrubar um adversário durante a sexta volta do Grande Prêmio da Malásia de MotoGP, realizado no domingo, o italiano Valentino Rossi detonou a organização da categoria. O atleta, que tirou o espanhol Marc Márquez da prova com um chute enquanto as suas motos estavam em alta velocidade, disse que estuda boicotar o próximo GP da temporada.

A direção da MotoGP decidiu que Rossi vai largar da última colocação no último GP do ano, em Valência. “Quem sabe, nem largo. Tenho que decidir”, apontou o italiano.

A punição para o GP de Valencia, que definirá o campeão da temporada. O espanhol Jorge Lorenzo briga ponto a ponto com Rossi pelo título em 2015. Após a prova deste domingo, o italiano – que terminou em 3º – ficou com 312 pontos. Lorenzo, segundo colocado na Malásia, soma 305.

A briga de Rossi com Márquez se deu pelas ajudas que o espanhol dá ao compatriota na disputa pelo título, segundo o piloto italiano. “Para mim, não é justa a punição. Assim, Marc ganhou a batalha. Seu plano funcionou bem: me fez perder o campeonato”, detonou Rossi.

Marquéz, atual bicampeão da MotoGP, não perdoou a atitude do adversário durante a corrida: “foi uma agressão”. O outro interessado da briga acredita que a punição para Rossi é leve demais.

“Para ser honesto, eu não acho que esta seja uma boa decisão. Ele tira o Marc, que cai e sai sem nenhum ponto, mas mantém os seus 16 pontos. É inacreditável. Outros pilotos são punidos de forma bem mais dura mesmo sendo menos agressivos do que isso. Mas o nome dele é importante para o campeonato, então não tiram pontos dele. Ele vai largar em último, mas não é justo”, afirmou Jorge Lorenzo.

Fonte: http://esporte.uol.com.br/

Share This: