Sal e retenção de líquido favorecem o ganho de peso no fim de semana

Muita gente tem medo da balança, mas no programa desta segunda-feira (9) vimos que o Fernando Rocha tem uma relação muito íntima com ela. O quadro Afina Rocha fez um balanço do comportamento do apresentador frente à temida dieta.

No estúdio, o psiquiatra Adriano Segal e a nutricionista Andrea Zaccaro responderam às dúvidas e explicaram sobre o índice glicêmico.

Mais importante que o índice glicêmico é a carga glicêmica presente na refeição, que é a velocidade que o carboidrato é absorvido. Por isso é importante saber a quantidade de carboidrato presente no alimento.

A cenoura, por exemplo, tem alto índice glicêmico, mas tem pouco carboidrato e a quantidade que se come em uma refeição é pouca, por isso a carga glicêmica é baixa.

Algumas dicas para diminuir a carga glicêmica da refeição:
– Prefira alimentos integrais. Quanto mais fibroso é o alimento, mais parte não-absorvível ele tem. As fibras do pão integral, por exemplo, ajudam na eliminação do carboidrato, então nem tudo é absorvido pelo organismo.
– Prefira alimentos crus. Quando estão cozidos, as fibras são quebradas e os alimentos ficam mais fáceis de dirigir. O índice glicêmico fica sutilmente mais alto nos alimentos cozidos.
– Prefira pratos coloridos, com todos os grupos alimentares.
– Coma salada antes ou junto da refeição. A salada ajuda a diminuir a absorção do carboidrato e a saciedade.

Fonte:http://g1.globo.com/

Share This: