Santos atropela na Vila, mas tem campanha de rebaixado longe de casa

O Santos chegou a aparecer na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Hoje, está em quinto lugar, com 43 pontos — dois a menos do Palmeiras, dono da quarta colocação. Um ingrediente fundamental para essa arrancada é a força apresentada pela equipe na Vila Belmiro. A vitória por 3 a 1 sobre o Internacional neste domingo foi a nona consecutiva dentro do estádio na competição.

A última vez que o Santos perdeu pontos em casa no campeonato foi no dia 5 de julho, quando perdeu para o Grêmio por 3 a 1 e ainda era comandado por Marcelo Fernandes. A sequência positiva desde então coloca o clube como o segundo melhor mandante do Brasileiro. São 11 vitórias, dois empates e uma derrota em 14 partidas, o que representa um aproveitamento de 83,3%, que é inferior apenas aos 88,1% do Corinthians.

“Se você pegar a maioria dos resultados das equipes que jogam em casa vai ver que o percentual é parelho ao nosso”, disse o técnico Dorival Júnior. “Então não podemos abrir mão da Vila Belmiro. Dando mil pessoas ou dez mil, não gostaria de sair nunca da Vila Belmiro, sei o quanto os atletas se sentem confortáveis e apoiados aqui dentro, onde a mística é muito grande. Claro não adianta se você não tem boa equipe, mas tendo é preciso complementá-la com fatores que possam acrescentar”, completou.

O problema é quando os jogos acontecem em outros lugares. Foram apenas oito pontos somados longe dos seus domínios, fruto da campanha de uma vitória, cinco empates e oito derrotas. O desempenho de 19% como visitante só não é pior do que os de Chapecoense e Joinville, que compõem a zona de rebaixamento.

Para efeito de comparação, o Palmeiras, que abre o grupo dos quatro melhores do Brasileiro, tem aproveitamento de 35,7% como visitante. O São Paulo, que tem os mesmos 43 pontos, mas que leva desvantagem por ter menor saldo de gols, somou 33,3% dos pontos que disputou longe do Morumbi.

Na próxima rodada, o Santos terá novamente a chance de jogar dentro de casa. No domingo, o time de Dorival Júnior receberá o Fluminense e pode chegar ao G-4 se prolongar a série de vitórias como mandante. O desafio será o de manter gás nesta corrida por um lugar entre os quatro melhores do campeonato quando precisar se afastar de novo da Vila Belmiro.

 

http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro

Share This: