Streaming de jogos pode aposentar os consoles?

Cada vez menos “possuir” e cada vez mais “usufruir”. Muitos de nós já não temos mais discos ou CD’s dos nossos artistas favoritos – e isso não nos impede de escutá-los diariamente, onde quer que estejamos por meio dos serviços de streaming. Com filmes e as melhores séries de TV é a mesma coisa; quanto tempo faz que você não vai a uma locadora?… Agora chegou a vez dos games.

O conceito é bem semelhante: transmitir todo o jogo diretamente para a TV ou o micro, sem a necessidade de um console.

Apple, Samsung e Sony anunciaram novidades recentemente. Mas, por enquanto, a única disponível no Brasil é essa aqui. São aproximadamente 50 títulos disponíveis. Assim como nos serviços de música e vídeo, o pagamento funciona através de assinatura mensal.

Como você já deve imaginar, é preciso de uma conexão de banda larga minimamente estável para aproveitar o máximo que a plataforma oferece. Se para ouvir música e assistir filmes a gente só consumia informação, jogando a história é outra: os comandos no controle são dados que precisam ser transmitidos em milissegundos para que a ação seja quase imediata na tela. Todo o processamento dos games é feito na nuvem, em servidores próprios para isso. O desempenho da TV não tem nada a ver com a qualidade do jogo.

Para aproveitar os games, uma conexão mínima de 4 megabits por segundo já roda a plataforma em baixa definição. Para jogar em HD, o mínimo são 8 megabits por segundo. Assim como nos vídeos por streaming, se a conexão oscila, o game não para instantaneamente, mas diminui sua qualidade para continuar rodando.

Ainda não disponível por aqui, a Sony também anunciou que está levando o serviço de jogos em nuvem – o PlayStation Now – para o Playstation 3. O serviço de streaming foi lançado pela primeira vez no início deste ano para o PS4; três anos depois de a empresa japonesa ter pago 380 milhões de dólares a especialistas em streaming de videogames para ajudar a desenvolver a tecnologia. Além dos consoles mais populares, o serviço também está disponível para PlayStation Vita, PlayStation TV, e inclusive alguns televisores e leitores Blu-ray da Sony.

O anúncio mais recente envolvendo streaming de games veio da Apple com sua nova Apple TV. Agora, além do streaming de vídeos e músicas, o dispositivo vai trazer uma nova área para games também. O novo controle remoto da Apple TV, quando colocado na horizontal, assume a forma de um joystick.

O streaming revolucionou a indústria fonográfica e cinematográfica. Será que vai fazer o mesmo com os games? No Brasil, quarto maior mercado de videogames do mundo,a dúvida tem a ver com a nossa péssima internet… É esperar para ver.

Fonte: http://olhardigital.uol.com.br/

Share This: