STT libera obras do corredor da EMTU

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) retomou ontem parte das obras do Corredor Metropolitano Guarulhos-São Paulo. A obra havia sido embargada no final de maio pela Secretaria de Transportes e Trânsito (STT), após a constatação de irregularidades.

Os trabalhos recomeçaram na Parada Vila Milton e na semaforização para o tráfego geral e de pedestres. Segundo a EMTU, novas reuniões estão sendo agendadas para que um cronograma de obras seja apresentado, que permita que em até 60 dias o corredor possa ser liberado ao tráfego. Atualmente 97% das intervenções foram concluídas.

O reinício das obras foi consolidado em reunião realizada na última sexta-feira, com os representantes das secretarias municipais de Trânsito e Transporte, Obras, da construtora e da EMTU. Outro encontro deverá ocorrer na próxima sexta-feira, quando todos os pontos do relatório apontado pela STT deverão ser discutidos entre as partes.

No total 12 itens foram apontados pela STT que impediam a continuidades da obra, dentre eles está a falta de acessibilidade em vários pontos e travessias; falta de continuidade e funcionalidade da ciclovia; vários problemas de qualidade para execução dos pavimentos rígidos e flexíveis, entre outros. Além disso, para a STT as obras não estão de acordo com o que foi publicado, inclusive no site da empresa, onde constam três faixas de rolamento, sendo uma exclusiva; e o fato dos ônibus da EMTU não terem portas à esquerda, o que inviabilizará algumas paradas do corredor.

guarulhoshoje.com.br / Rosana Ibanez

Share This: