Taxa média de juros do cheque especial e do empréstimo pessoal volta a subir

Os bancos voltaram a elevar as taxas de juros do cheque especial e do empréstimo pessoal em setembro. Pesquisa do Procon de São Paulo divulgada hoje, 12, aponta que, das sete instituições financeiras que fazem parte do levantamento (Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Safra, Santander), duas aumentaram a taxa de cheque especial e uma do empréstimo pessoal.

A taxa média do cheque especial dos bancos pesquisados foi de 13,56% ao mês, superior a de agosto, que foi de 13,52%, alta de 0,04 ponto percentual.

A maior elevação foi verificada no Banco do Brasil, que alterou a taxa de 12,83% para 13,04% ao mês, uma variação positiva de 1,64% em relação à taxa de agosto de 2016. A outra alta foi apresentada pela Caixa Econômica Federal, alteração de 12,93% para 13,05%, variação positiva de 0,93%.

A menor taxa para o cheque especial praticada no mercado, dentre os sete bancos pesquisados, é a do banco Safra (12,6% ao mês); a maior é do Santander (15,19%).

A taxa média dos bancos para o empréstimo pessoal foi 6,80% ao mês, 0,24 ponto percentual superior à do mês de agosto (6,56%). A única modificação nesta modalidade de crédito foi promovida pelo Banco HSBC, que alterou a taxa de 7,30% para 8,99% ao mês, uma variação positiva de 23,15%.

A menor taxa do empréstimo pessoal praticada em setembro é da Caixa Econômica Federa (5,5% ao mês); já a maior é do HSBC (8,99% ao mês).

Fonte:https://www.clickguarulhos.com.br

Share This: