Terremoto deixa 70 mortos no sul da Ásia

Pakistani victims who were injured in an earthquake wait for treatment at a hospital in Peshawar on October 26, 2015. At least 17 people including eight children were killed in Pakistan when a 7.5 magnitude quake struck in Afghanistan October 26, officials said. AFP PHOTO / A MAJEED

Cabul, 26 Out 2015 (AFP) – O terremoto que abalou o sul da Ásia nesta segunda-feira deixou pelo menos 70 mortos – incluindo 12 meninas afegãs que morreram em um movimento de pânico – e centenas de feridos, segundo informações preliminares.

O tremor, de 7,5 graus de magnitude, teve epicentro perto de Jurm, na região de Hindu Kush, a 250 km de Cabul e a uma profundidade de 213,5 quilômetros, informou o Instituto de Geologia dos Estados Unidos (USGS).

O terremoto, que durou quase um minuto, sacudiu edifícios de Cabul, Nova Délhi e Islamabad e provocou movimentos de pânico entre os moradores.

O balanço provisório é de 52 mortos no Paquistão e 18 no Afeganistão.

No nordeste do Afeganistão, pelo menos 12 meninas morreram e 35 ficaram feridas ao tentar fugir de sua escola, informaram funcionários locais.

“As alunas correram para fora da escola, e acabaram sendo pisoteadas”, contou à AFP Enayat Naweed, chefe do departamento de Educação de Taluqan, capital da zona tribal de Tajar.

No Paquistão, mais de 100 pessoas ficaram feridas em Peshawar (nordeste).

“Muitos feridos estão chegando ao hospital e ainda há pessoas sob os escombros”, disse à AFP o doutor Muhammad Sadig, diretor da emergência do hospital local.

Em Srinagar, a principal cidade da parte indiana da Caxemira, os moradores correram para as ruas com as crianças no colo. Todos temiam um terremoto como o de 2005, que deixou 75.000 mortos.

A rede de telefonia celular foi cortada e não há informações sobre os danos na região, onde em 2014 as inundações afetaram muitos edifícios, que atualmente são ainda mais vulneráveis a um terremoto.

Fonte :http://noticias.uol.com.br/

Share This: