Varejo apresenta queda de 0,5% no mês de abril

Decoração - Setor foi alavanca para saldo negativo do comércio varejista (Foto: Alexandre de Paulo / Arquivo FM)

O comércio varejista em Guarulhos somou R$ 2,3 bilhões em abril e recuou 0,5% na comparação com o mesmo período de 2014, conforme dados da Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista no Estado de São Paulo (PCCV), realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) e obtidos com exclusividade pela Folha Metropolitana.

Duas das nove atividades pesquisadas registraram quedas expressivas em relação a abril de 2014. Lojas de móveis e decoração fazem parte da queda do índice com um resultado negativo de 39%. No acumulado de 12 meses o setor também apresenta queda expressiva, 36% negativo.

O ramo de outras atividades despencou 31,6% e contribuiu com menos 6,4 pontos percentuais para o resultado geral.

Na contramão dos saldos ruins, as atividades de lojas de vestuário, tecidos e calçados, com contribuição de  31,6%, e supermercados, com 7,4%, conseguiram impedir que o resultado fosse ainda pior.

Após registrar um crescimento de forma pontual em março, o comércio varejista do Estado de São Paulo caiu 2,8% em abril, na comparação com o mesmo período do ano anterior, e o faturamento atingiu R$ 42,3 bilhões. A balança em Guarulhos foi ainda mais negativa. Na comparação com março, o setor varejista em Guarulhos teve queda de 3,8%.

Em nota, a Fecomercio diz que “o ciclo de queda nas vendas do comércio varejista permanecerá nos próximos meses, uma vez que todos os fatores determinantes de consumo permaneceram negativos também no mês e a estimativa é uma retração entre 4% e 5% nas vendas em maio e -3% para o semestre”.

Fonte: Folha metropolitana

Share This: